Juntem-se a nós clicando AQUI!

domingo, 9 de agosto de 2009

Peregrina da Paz

Durante a Idade Média, os peregrinos saiam, como discípulos enviados que eram - sem dinheiro, sem alimento, sem roupa adequada - eu conheço esta tradição.

Não tenho dinheiro e não aceito nenhum dinheiro em minha peregrinação. Não pertenço a nenhuma organização. Não há nenhuma organização por trás de mim. Eu possuo apenas o que visto e levo comigo. Não há nada que me restrinja. Sou tão livre como um pássaro que voa no céu.

Caminho até que me ofereçam teto, jejuo até que me dêem alimento. Não o peço - dão-me sem eu pedir. Que boas são as pessoas! Há uma chispa de bondade em todos, não importa quão profundamente oculta esteja. Está lá.

Peregrina da Paz
p.26

Sem comentários:

Enviar um comentário