Juntem-se a nós clicando AQUI!

sábado, 25 de junho de 2011

Wikipédia: simplicidade voluntária

Wikipédia define simplicidade voluntária da seguinte forma:

Vida simples ou simplicidade voluntária é um estilo de vida no qual os indivíduos conscientemente escolhem minimizar a preocupação com o "quanto mais melhor", em termos de riqueza e consumo. Seus adeptos escolhem uma vida simples por diferentes razões que podem estar ligadas à espiritualidade, saúde, qualidade de vida e do tempo passado com a família e amigos, redução do stress , preservação do meio ambiente, justiça social ou anti-consumismo , enquanto outros escolhem viver mais simplesmente por preferência pessoal ou por razões econômicas - embora a vida simples seja essencialmente uma escolha e nada tenha a ver com "pobreza forçada".

A pobreza é involuntária e debilitante, a simplicidade é voluntária e mobilizadora, adverte Duane Elgin, autor do livro Simplicidade Voluntária. Significa fazer um esforço consciente para descobrir o que realmente é importante e abrir mão do que é supérfluo, descobrindo assim que uma vida mais frugal exteriormente pode ser muito mais rica e abundante interiormente.

Ler o resto aqui.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Isto e aquilo...

Já faz tempo que não passo por aqui. Tenho andado ocupada com isto e aquilo... e o tempo passa depressa!

Bem, voltando ao tema deste blog, a economia da generosidade, aqui vai um resumo destes ultimos dias.

1) Estou a ajudar uma amiga a promover oficinas de Biodanza, a dança da vida. Em troca, estou a receber tratamentos de acupuntura gratuitos... e gooseberries... e boleias para sessões de Biodanza... e amizade :-)

2) Resolvi apoiar as crianças tibetanas refugiadas em Bylakuppe, na India. Se quiserem ajudar, podem fazê-lo através da minha página do Just Giving. Isso seria muito legal! A página tem muitos links e explica a minha proposta em mais detalhe. Passem o link à vontade :)


3) Um amigo resolveu ajudar Maggie Doyne, a rapariga americana que ao ver a pobreza das criancinhas orfãs do Nepal resolveu pegar nas poupanças que tinha e construir uma casa e escola para elas. Hoje, com 23 anos, ela é a 'mãe' de 35 crianças e a escola que criou dá apoio a outras duzentas e trinta! O meu amigo teve uma ideia: pedir livros usados aos amigos e conhecidos, vendê-los na internet e enviar o dinheiro para Kopila Valley. O meu papel? Praticar uma vez mais o não apego e oferecer os meus queridos livros!

4) Que mais? Estou pensando doar a parte que me cabe do lucro da venda deste livro....

Vamos partilhar histórias? Assim ficamos mais entusiasmados!